Válvula Solenoide Servo Operada

Os modelos normalmente aberta (NA-2/2 vias) com as características e necessidades de orifícios maiores, pressões estáticas crescentes, e que o campo magnético gerado pelo bobina seja capaz de controlar estas forças, desenvolveu a válvula solenóide de ação servo-pilotada capaz de alcançar e equilibrar estas forças. Neste projeto a pressão do fluído ajudam a manter a vedação da válvula principal em aberto quando a bobina estiver em repouso, desta forma, o fluído não é interompido pelo vedação principal que poderá ser um diafragma ou pistão. Neste caso o fluído flui através de um pequeno orifício no diafragma ou pistão ajudando a manter a válvula aberta. Quando a bobina é energizada, o orifício piloto principal fecha, permitindo que o fluído seja presurizado e escoe para a aparte superior da vedação principal auxiliando o seu fechamento. (O fechamento do diafragma ou pistão ocorre entre o mínimo e máximo da pressão diferencial).

Válvula Solenoide Servo Operada

Outro modelo de válvula servo-pilotada (NF-2/2vias) com características de ação direta e com fechamento rápido foi desenvolvida a partir de um núcleo fixo mecânicamente atracada ao diafragma tendo um pequeno orifício piloto que controla o impacto ou golpes da vedação principal. Este projeto permite que a válvula possa trabalhar a zero da pressão diferencial.

Válvula Solenoide servo-pilotada